Projeto de Lei permite o uso do voto eletrônico nas Assembleias de Condomínios

PROJETO DE LEI PERMITE O USO DO VOTO ELETRÔNICO NAS ASSEMBLEIAS DE CONDOMÍNIOS

A tecnologia chegou até as Assembleias condominiais. No último dia 14 de agosto, a  Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou no Senado, Projeto de Lei (PL) 548/2019, que permite o uso do voto eletrônico nas Assembleias de condomínios.

Na prática, os síndicos poderão coletar os votos mínimos necessários para determinados tipos de votações (como por exemplo, a reforma da sacada do prédio ou melhorias no sistema de segurança) através da internet ou por outro meio idôneo.

De acordo com o texto do projeto de lei, os condôminos que não poderiam estar presentes nas deliberações, poderiam votar ou até mesmo justificar o seu voto por meio da internet ou de outra forma legal escolhida pelo condomínio.

Toda votação é feita de forma sigilosa e segura, em qualquer horário e, através de uma plataforma amigável e intuitiva. Sendo que cada morador deverá ter a sua senha de acesso disponibilizada pela administração do edifício.

Leia Mais

Como Investir Taxa Condominial

Como Investir a taxa Condominial

As responsabilidades de um síndico são muitas, ainda mais quando falamos de dinheiro.

Então, qual será a resposta do sindico se fizermos uma pergunta: Você sabe como aplicar a taxa condominial?

Quando você assume a gestão de um condomínio, uma das grandes dificuldades que encontra pelo caminho são as contas. É preciso por em dia os gastos, para ver o que deve ser feito de manutenção, pagar salários, pagar a luz, a água, os gastos de segurança, entre outras despesas ordinárias fixas. Em um primeiro momento organizar todas essas finanças pode ser complicado, ainda mais quando se pergunta: Mas de onde eu vou tirar dinheiro?

Leia Mais

4 Dicas Para o Controle Financeiro de Condomínio

Controle Financeiro do Condomínio

A gestão de um condomínio pode ser comparada à gestão empresarial, já que, assim como em uma empresa, no condomínio há funcionários que trabalham para garantir o conforto, a segurança e o bem-estar dos moradores.

Mas é claro que tudo isso tem um custo que deve ser controlado para evitar problemas, e esse é o papel do síndico.

O síndico do condomínio recebe os valores pagos pelos residentes através da taxa de condomínio, e tem o dever de fazer um uso adequado destes recursos, para atender as necessidades dos condôminos.

O uso indevido dos valores ou a falta de prestação de contas pode gerar dúvidas, afetar a credibilidade e trazer problemas para a administração do condomínio.

Sendo assim, o controle financeiro do condomínio deve ser realizado com muito cuidado e atenção para que seja impecável.

Leia Mais