Coleta de óleo: uma troca vantajosa e consciente

Seu óleo de cozinha, este mesmo que você usa em sua casa, não pode ser jogado no lixo, e nem ser jogado no ralo da pia.

Neste artigo vamos informar a você informações importantes sobre a coleta de óleo de cozinha, porque você deve realizar a coleta, como encontrar postos de coleta e como funciona a coleta para condomínios.

Você verá aqui:

Por que descartar o óleo corretamente?

No dia a dia do brasileiro é muito comum realizarmos uma gama de frituras para preparar nossa alimentação. A cultura do fast food também contribui para este tipo de hábito, de usar a fritura e consequentemente, gerar sobras de óleo, que não sabemos bem ao certo como descartar.

Mas afinal, porque não podemos descartar óleo de cozinha de qualquer forma se até há tão pouco tempo, fazíamos isto desta forma?

Porque pesquisas comprovam que o óleo que descartamos da forma errada, entope canos, o pior: polui o meio ambiente. Um litro de óleo é responsável por contaminar um milhão de litros de água. Lembrando que água que corre em nossos ralos, vai parar em nossos rios e mares!

Diante disso sabemos que é mais que urgente deixar de descartar óleo da forma que fazíamos.

E ai começa um novo dilema: o que fazer com o óleo que utilizamos? E as empresas de alimentação que descartam grandes quantidades? E os condomínios que semelhante às empresas juntam uma quantidade grande de óleo?

É ai que entram os programas de reciclagem de óleo. Através da reciclagem o óleo é processado e ganha novas utilidades, evita a contaminação, contribui para programas sociais. Por isto a importância do descarte certo.

 

Como descartar o óleo

O descarte do óleo pode ser feito em 3 partes:

  1. DESCARTAR – espere o óleo esfriar, e somente depois com um funil, acondicione o óleo dentro de uma garrafa PET.

 

  1. ARMAZENAR – quando a garrafa estiver cheia reserve para entregar a coleta. Se você mora em condomínio, combinem com seu síndico um local de coleta comum a todos os condôminos.

 

  1. COLETAR – é o momento de entregar as garrafas coletadas, nos postos de coleta ou quando em grande quantidade existem entidades que fazem o recolhimento, a retirada do óleo. Basta fazer parcerias com estas entidades. É uma atividade que não precisa ser aprovada em assembleia.

 

Como as empresas de coleta de óleo trabalham

Normalmente o condomínio ou empresas fazem a parceria com as entidades coletoras. Normalmente deixam nos lugares a “bombona” que é um recipiente de plástico para acomodação do óleo. O óleo pode ser jogado direto na bombona, ou as garrafas PET podem ser depositadas nela.

Quando a bombona está cheia, então fazem a coleta. Este sistema funciona também para casas, que através de associações de moradores se unem e firmam parcerias com as entidades.

E uma coisa bastante bacana que estas entidades coletoras fazem: a cada bombona cheia (normalmente elas tel 50 litros ou até mais), a entidade oferece uma quantidade de litros de produtos de limpeza.

Mas atenção: é importante firmar parcerias com empresas sérias que descartem ou utilizem o óleo da forma correta.

O descarte também, pode ajudar em causas sociais, é o caso da arquidiocese de Curitiba. Ela faz o trabalho de coleta e vende para recicladoras. O dinheiro arrecadado é utilizado em prol das obras.

Vantagens para condomínios

É bastante interessante firmar um acordo com uma coletadora de óleo para seu condomínio. Sua administradora inclusive pode ajudar nesta tarefa.

Existe ganho ambiental e ganhos econômicos para o condomínio quando esta parceria é firmada. Evitam-se entupimento nos canos dos condomínios, ganha-se em produtos de limpeza e a natureza agradece!

Em médio e longo prazo o condomínio economiza, além da limpeza dos canos, também na limpeza das caixas de gordura.

 

Como o condomínio deve escolher a parceria para a coleta

É importante que o síndico escolha empresas sérias e cujo trabalho está solidificado. Para evitar que a coleta comece e depois de algum tempo pare. Além disso é necessário garantir que a empresa faça a destinação correta dos dejetos.

Por isto, pesquise empresas que já possuem uma boa estrutura, que recolha o material toda semana. Escolha um parceiro onde o óleo possa ser rastreado e assim você terá a certeza de que tudo está sendo feito da forma correta. E poderá mostrar isto aos condôminos.

Entre em contato também com outros síndicos que já utilizam os serviços da entidade que quer formar a parceria. Assim poderá colher as informações necessárias sobre a entidade que está estudando.

 

Como envolver mais pessoas de seu condomínio na ação de coleta de óleo

É importante levar o assunto da coleta de óleo a assembleia do condomínio. E até a mais de uma. Quanto mais condôminos engajados melhor!

E que tal a partir desta ação, criar uma comissão de sustentabilidade e realizar outras ações em seu condomínio, como por exemplo, troca de lâmpadas incandescentes por outras menos poluentes, ou uso da agua consciente, descarte de pilhas e latinhas? Todo só tem a ganhar!

Importante comunicar também nas assembleias os números de descarte daquele mês, para incentivar as pessoas a continuarem as ações. Quanto mais informação e incentivo, mais teremos pessoas engajadas e menos propensas a desistir.

Pesquisas mostram que em locais onde existem este tipo de ação e a comunicação para os moradores é eficiente, o engajamento é muito maior.

Postos de coleta

Aqui temos listados alguns lugares que possuem a coleta de óleo. É importante que você pesquise porque cada vez mais empresas surgem para realizar este tipo de trabalho. E pode ser que no momento da leitura deste artigo, existam já outros postos.

  • Arquidiocese de Curitiba
  • Rua da Cidadania Matriz – Praça Rui Barbosa
  • Bairro Novo
  • Centenário
  • Caiuá
  • Campo de Santana

Lembrando que seja você um usuário doméstico que precisará procurar uma entidade para descarte ou um condomínio ou empresa que vai firmar parcerias, o ganho de se investir em coleta de óleo, continua sendo muito grande, tanto do ponto de vista financeiro, quanto do ponto de vista ambiental.

 

Deixe seu comentário

15 + nove =